Tanatopraxia: entenda este procedimento

Tanatopraxia: entenda este procedimento

É natural que, após o falecimento de um ser humano, seu corpo passe ao estado de decomposição em um rápido período de tempo.

O corpo humano é constituído de matéria orgânica e as partes que o compõe começam a se deteriorar logo após seus órgãos interrompem o funcionamento.

Sendo assim, provavelmente, você já deve ter se questionado como que os cadáveres se conservam por um determinado tempo.

A tanatopraxia consiste em um procedimento que permite a higienização e a conservação de corpos, de forma a remeter à imagem do cadáver a aparência mais similar possível àquela que ele possuía quando ainda em vida.

Nesse artigo, vamos explicar a você o que é a tanatopraxia, como funciona, quanto custa e onde ela é feita.

O que é a tanatopraxia e como funciona?

Quando um ente querido falece, é comum que seus familiares e amigos próximos queiram dar um último adeus.

A tanatopraxia é a técnica responsável por deixar o cadáver conservado e com a melhor aparência possível para essa despedida. Isso porque desinfecta o corpo sem vida e retarda o processo biológico de decomposição.

Além de reduzir as transformações ocorridas no corpo sem vida, a tanatopraxia ainda ocasiona conforto à família enlutada, possibilitando-a velar seu familiar com as características que ele possuía em vida. E essa recordação, sem dúvidas, é fundamental para contribuir com o bem estar da família em um momento de tristeza e dor.

Basicamente, a técnica da tanatopraxia consiste em injetar líquidos (produtos químicos) no corpo do falecido, resultando em uma agradável aparência no momento do velório. Após o procedimento, o cadáver fica com um semblante corado e suave, como quando em vida.

Essa prática representa um serviço essencial ao setor funerário, e é desempenhada por profissionais qualificados, os Tanatopractors, que devem possuir a formação técnica para desempenhar a função dentro das normas sanitárias exigidas.

Além de desinfectar, higienizar e conservar os cadáveres, a tanatopraxia possui ainda outras vantagens, tais como não possuir odor, não ocasionar derrame de líquidos, não possibilitar o contágio de doenças, restaurar a cor natural do corpo, desinchar o cadáver, prolongar o tempo do velório e não contaminar o solo.

O procedimento diferencia-se da técnica de embalsamento, uma vez que não é empregado o formol, nem é efetuada a retirada de quaisquer órgãos do falecido. Por isso, também, representa um avanço ao setor funerário.

Onde a tanatopraxia é realizada e qual seu custo?

O local mais apropriado para a realização da tanatopraxia são os tanatórios, que consistem em uma sala reservada dentro da funerária, especifica para a prática. Como apresenta a higiene, limpeza e segurança necessárias para a realização do procedimento, é o lugar mais indicado para tal.

Porém, a tanatopraxia, procedimento que dura de 1 (uma) a 3 (três) horas, também poderá ser realizada a domicilio, se assim for da vontade da família enlutada.

O custo com o processo pode variar muito, dependendo do município em que é realizado, onde pode haver maior ou menor incidência de taxas e impostos, bem como da distância de deslocamento do corpo, que pode necessitar de embalsamento. O preço médio é de R$ 1.200,00 (hum mil e duzentos) reais.

Um serviço essencial e importante

Os detalhes dos serviços de tanatopraxia, muitas vezes, são despercebidos, por desconhecimento das pessoas sobre o estado natural de decomposição dos cadáveres.

Porém, à medida que tomamos conhecimento de todos os cuidados conservantes e desinfetantes que os corpos necessitam após a perda da vida, compreendemos o quão importante e especial é esta técnica.

Não somente ela se preocupa em devolver a aparência natural do corpo, mas possui um papel muito importante, também, em evitar a propagação de doenças contagiosas à sociedade, através dos produtos germicidas que emprega.

Com esse artigo, você pôde compreender o quão valioso é o emprego da tanatopraxia em um momento de luto. Através dela, podemos desempenhar um dos costumes mais antigos da historia da humanidade, que é preservar um ente querido.

×